Considerando que relacionamento é o que os gestores mais fazem todos os dias, então apresento alguns dos fatores-chave para o desenvolvimento positivo do relacionamento para impulsionar os resultados da organização (que funcionaram comigo).

  • Conversar é preciso!

Quando existe confiança, o espaço já está preparado para que aconteçam as conversas necessárias. Não vejo como termos uma relação de feedback madura se não for cumprido o primeiro pilar (leia mais: 019 – Se motivação é o caminho, a confiança é a base).

Portanto propiciar um ambiente em que as conversas aconteçam, significar deixar a porta realmente aberta e investir tempo e atenção aos assuntos que forem sendo tratados.

Não podemos ter medo do diálogo, mas sim estimular o debate de ideias num ambiente que o respeito está instalado. Promover as discussões acerca dos temas e construir as soluções considerando os pontos de vista que forem sendo apresentados.

É claro que não há ingenuidade de pensar que o consenso é a única forma de termos propostas decididas. A cadeira da liderança é solitária e exige que sejam assumidos riscos em função das limitações de recursos existentes e isso nem sempre vem pelo consenso.

Por outro lado, o fato de haver o debate como regra estabelecida possibilita outras soluções e permite ao gestor ser mais assertivo nas suas escolhas. E isso garante o espaço para novas conversas no futuro.

  • Envolvimento das famílias

O comportamento humano é bastante complexo e não é escopo desta conversa, entretanto aproveitando algumas características naturais do ser humano podemos conseguir estimular a motivação.

Quando temos orgulho de alguma coisa, queremos mostrar em casa para nossa família, queremos compartilhar para os amigos. (Muito antes da sacada genial das redes sociais).

É preciso entender que aquele meu sonho de menino de visitar o emprego do meu pai não foi um sonho exclusivo seu…

  • Guardar as histórias

Uma empresa só chega aonde chegou por que tem uma história por trás. Uma história preservada, assim como visão de futuro compartilhada, então sobra tempo para cuidar do presente. E comemorar! Aprender a comemorar as pequenas coisas e as grandes coisas, precisa ser uma meta a cada dia.

Num evento para todos os gerentes do grupo fomos convidados a compartilhar nossos segredos e foi a primeira vez que pensei em sistematizar o que havíamos feito. Era um sinal que o reflexo das nossas ações estava ultrapassando as barreiras da nossa empresa. A apresentação dos nossos segredos, feita nesse evento foi um marco que nos fez continuar a implementar o que acreditávamos serem os fatores de sucesso refletidos nos nossos resultados.

*   *   *

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: