032 – Conclusões – dos pilares

O grande problema é que o mundo continua girando e com ele surgem novos fatores (des)motivacionais, novos relacionamentos e compromissos e, principalmente, cada vez mais são cobrados maiores resultados.
#blogdobubsi

Anúncios
um comentário

“Se podemos sonhar, então podemos realizar ” (Walt Disney)

Nós precisamos construir os três pilares necessariamente na ordem apresentada, entretanto, uma vez construídos, eles têm que continuar sendo trabalhados para que haja um equilíbrio na sustentação dos desafios.

O grande problema é que o mundo continua girando e com ele surgem novos fatores (des)motivacionais, novos relacionamentos e compromissos e, principalmente, cada vez mais são cobrados maiores resultados.

E por isso, acredito que este ciclo não funciona infinitamente… ele precisa ser continuamente reformulado, com novos elementos em cada pilar e, em última instância, de um novo líder para manter o ciclo vivo.

Devo alertar que nenhuma fórmula mágica vai impedir que o mundo empresarial se torne cada vez menos relacional e cada vez mais orientado para o resultado.

Pode restar um pouco de dúvida de qual modelo seria mais vantajoso, se o resultado de curto prazo ou o resultado construído através do tempo com a confiança, o relacionamento e o compromisso.

Seremos impelidos a acreditar que não existirá outra forma de trabalhar, pois o famigerado mercado exigirá um ritmo cada vez mais alucinante de realizações e entregas, mesmo que haja mortos e feridos…

E mesmo que nós mesmos nos sacrifiquemos de tal modo a sermos mártires dos novos tempos em que os lucros serão justificativa para encurtarmos o caminho e deixarmos o mundo melhor, ainda assim este ciclo não findaria.

Sejamos pois racionais e humanos, talvez não necessariamente neste ordem e trabalhemos na arte de equilibrar as variáveis em busca de melhores lugares para trabalhar e de melhores resultados, neste caso, necessariamente nesta ordem.

*   *   *

Anúncios

1 comentário em “032 – Conclusões – dos pilares”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">