042 – O dilema da perfeição

Imperfeição é uma das maiores características humanas, natureza e humanidade convivem na imperfeição da última, apesar e por causa da perfeição da primeira. #blogdobubsi

Anúncios
2 comentários

Imperfeição é uma das maiores características humanas, natureza e humanidade convivem na imperfeição da última, apesar e por causa da perfeição da primeira. O inteiro ambiente se tornou meio pelas imperfeições e talvez até se torne vazio antes que subamos para a prestação de contas.

Discursos e mais discursos vazios tendem a levar assuntos que deveriam ser tratados no longo prazo, como políticas públicas, e que acabam com o final do ciclo eleitoral.

De novo, esta é a natureza imperfeita do homem.

Por que então nas organizações a motivação e a dedicação seriam diferentes?

Cito algumas, sem a intenção de ter uma lista exaustiva ou completa, mas apenas alguns fatores que serviriam para impedir, ou potencializar, a manifestação mais ampla das imperfeições humanas.

Por um lado, tem os sistemas e processos de controle e auditoria, mantendo alçadas, autorizações, aprovações e validações dentro dos limites e circunstâncias de risco aceitas.

Por outro estão os processos de contratação, treinamento, desenvolvimento de pessoas e desafios, metas, objetivos, avaliações e outros mecanismos de feedback existentes. Que tendem a manter a roda girando para o lado e na velocidade certos.

Mas, ao meu modo de ver, o principal fator que balizaria o modelo de atuação nas organizações é a ética, explícita e implicitamente adotadas pela Alta Administração… Por aí que o mundo caminha e infelizmente se o alvo não for adequado não adianta manter a roda girando, porque a conta vai chegar…. Ela sempre chega!

*   *   *

 

Anúncios

2 comentários em “042 – O dilema da perfeição”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">