Quando olhamos para nossas pegadas passadas, vimos quantos caminhos difíceis escolhemos e quantos atalhos não conseguimos pegar, mas só sabemos disso depois que caminhamos muito.

Durante a jornada, às vezes os atalhos parecem desvios e os caminhos óbvios vão se tornando tortuosos, até impossíveis. E, se soubéssemos com alguma antecedência o que aconteceria, poderíamos ter facilmente seguido em outra direção.

Fato é que o chamado engenheiro de obra pronta ou o comentarista de futebol após o fim  do jogo em pouco contribuem para os próximos desafios.

Confie nos seus cabelos brancos, no instinto que te protege e na experiência de outros. Acredite, dói menos o erro alheio e te ajuda e muito nas escolhas profissionais.

E quando for chamado para um barco que tiver indo pro rumo errado, grite, chame a atenção, discuta, desaprove, faça um motim se for o caso, mas nunca se omita. Melhor é pegar o bote salva-vidas e procurar outro desafio, do que ser dragado para um final previsivelmente insatisfatório.

A mediocridade que reina na preguiça, em muitos órgãos do governo e nos invejosos, não necessariamente nessa ordem, quer te transformar em um seguidor, espalhando o caos da ineficiência, do desperdício e de produtos e serviços de baixa qualidade.

Fuja da mediocridade e ache o seu caminho, não importam suas ambições, nem sua experiência, nem o momento de vida que está, sempre ache alternativas que te transformem em uma pessoa melhor.

Com isso, todo o reflexo das suas ações causará uma onda que influenciará nas escolhas dos que estão ao seu redor e suas experiências facilitarão os muitos outros caminhos…

*   *   *

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: