057 – Espelho, espelho meu…

Tá bom que o nosso país torna a desgraça em ridículo, com uma facilidade de invejar os outros cantos desta Terra finita, quiçá do próprio universo inteiro. Mas, às vezes, precisamos de uma boa dose de verdade para nos confrontar, sem riso, sem deboche, sem graça. #blogdobubsi

Anúncios
Nenhum comentário

Tá bom que o nosso país torna a desgraça em ridículo, com uma facilidade de invejar os outros cantos desta Terra finita, quiçá do próprio universo inteiro. Mas, às vezes, precisamos de uma boa dose de verdade para nos confrontar, sem riso, sem deboche, sem graça.

A graça esconde a dor e a suposta incapacidade de transformarmos o que acreditamos ser o certo. Por isso, que é muito mais fácil e melhor acreditarmos no mundo marketeiramente perfeito, em que não vivemos.

E assim vamos engolindo, homeopaticamente, as pílulas dos filhos da mentira, contra as quais pode não haver um remédio salvo a capacidade de transformarmos a indignação em ação. Quem ainda tem dúvidas, vai lá no livro O Outro Lado do Ódio: A Inconformidade Praticada.

E vamos transformar o mundo perfeito do marketing, no mundo real, para depois trabalharmos para o mundo possível. Choque de realidade na frente do espelho… Espelho, espelho meu!

Essa é minha esperança para o ano que inicia, para os governos que se iniciam, para os deputados e senadores que chegam. Que haja um tempo de prosperidade, de amor, de verdade, de paz, para que o enfim cheguemos ao futuro.

*   *   *

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">