sono no sofá

101 – O sono dos justos e alguns de seus benefícios

O sono dos justos é absolutamente imprescindível. Quando um projeto ou um desafio está em fase de execução, os intervalos que temos entre os dias de trabalho são fundamentais para duas coisas. Fora todas os outros benefícios óbvios de não estar no trabalho.

Anúncios
um comentário

O sono dos justos é absolutamente imprescindível. Quando um projeto ou um desafio está em fase de execução, os intervalos que temos entre os dias de trabalho são fundamentais para duas coisas. Fora todas os outros benefícios óbvios de não estar no trabalho.

E preciso deixar isto claro, se não pareço um maníaco workaholic (viciado em trabalho, de uma forma chique), garanto que estou bem longe disso.

Quero ressaltar o que os fins de semana ou uma bela noite de sono ajudam no curso e nas soluções dos desafios que estão a nossa frente.

Quanta coisa passa na nossa cabeça quando, enfim, colocamos a cabeça em paz no travesseiro. Esvazie a mente após rever o que se passou no dia e o que ficou sem solução e quais os desafios que tem em seguida. E deixe seu cérebro te ajudar a achar o caminho. Perca o controle para receber os benefícios que vêm pela manhã.

Porque nosso cérebro funciona de muitas maneiras misteriosas, não quero nem tentar explicar o que não entendo, mas atua também de forma previsível.

Pra mim é um mistério de enzimas sendo liberadas em prol da necessidade imediata identificada. A nossa máquina trabalha tanto que precisa descanso. O corpo cansa e precisa parar, fisicamente falando.

Somos condicionados durante nossa vida a termos determinados comportamentos, mecanismos de defesa, reação ao perigo. Alegrias e preocupações motivam ações específicas. Alegria nos deixa super empolgados e depois parece que a energia acaba e desmaiamos na cama. Preocupação deixa um rastro de ansiedade que afasta o sono e qualquer chance de recuperação.

Tristeza deixa um parafuso solto em curto no cérebro. Nenhum pensamento vem, além do que fica martelando a mesma tecla que gerou o dano. E por aí vai.

Não se desespere ainda…

Minha dica é que, como já passamos por todas estes e outros desafios, fica mais fácil entender como reagimos a cada um. E sabendo quais as formas que seu corpo irá reagir, você tem que ir se reprogramando para preservar a noite e o descanso…

A cabeça cansa, esquenta, dói e precisa parar de ser controlada pela nossa vontade. Ela precisa entrar no modo de operação automática (conhecido como sono) para reequilibrar o que o corpo precisa, mas também prover soluções aos problemas que estão à frente.

Parece um contra-senso, você precisa parar de pensar, para descansar, para então seu cérebro construir caminhos que vão facilitar seu pensamento dirigido no próximo dia.

Quantas e quantas soluções vieram de uma noite bem dormida. Não leve o trabalho nas suas costas. Deixe ele e seus problemas e vá pra casa em paz.

Então, se nada disso funcionar, pelo menos se apegue no tal do descanso remunerado e lembre-se de quanta gente deita na dúvida se a lava-jato ou qualquer outra operação especial, vai acorda-los pela manhã.

* * *

Para ler mais:

045 – Destino – Indo ao (de) encontro

095 – A lei da atração e os fora-da-lei

Anúncios

1 comentário em “101 – O sono dos justos e alguns de seus benefícios”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">