Skip to content

108 – Sobre desafios, dificuldades e oportunidades

Se tem uma coisa que me irrita é ficar preso em algum ponto. Quando não enxergamos de imediato a saída, ou o propósito das dificuldades.

Fica ainda mais difícil quando já repetimos tal atividade ou problemas semelhantes milhares de vezes com o resultado adequado e agora estamos em frente a um dilema.

Dilema são ótimos momentos para repensarmos quaisquer partes da nossa vida. Enfrentando os dilemas, encontrando alternativas para as bifurcações do destino é uma tarefa que pode nos levar a milhares de quilômetros de distância do rumo inicialmente imaginado.

Nada que seja um problema em si.

Quando o vento muda, a sabedoria nos ensina a repensarmos os modelos que havíamos planejado e ajustarmos os destinos possíveis, ou ajustar as velas e estar pronto para mares mais revoltos.

Não estou aqui dizendo para desistirmos do que sonhamos, mas os sonhos possíveis nos dão conforto no curto prazo, mas a paciência e esperança que produzem a realização dos sonhos no longo prazo.

Fico com o longo prazo, mas aceito ir parando em destinos mais curtos para reabastecer, pegar fôlego e encarar a o próximo trecho desta viagem.

E o ponto em que ficamos presos é justamente uma daquelas oportunidades de recalibrar as possibilidades.

* * *

Para ler mais:

030 – Compromissos

040 – Ponto

2 Comments »

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: