112 – Contra o desperdício de horas

Já parou para botar no papel quantas horas gasta com cada coisa na semana? Em algum momento vocês já devem ter notado minha paixão por números, mas não é disto que se trata. #blogdobubsi

Anúncios
Nenhum comentário

Já parou para botar no papel quantas horas gasta com cada coisa na semana? Em algum momento vocês já devem ter notado minha paixão por números, mas não é disto que se trata.

Estou falando aqui de desperdícios, de excesso de atividades, de adiamento de sonhos e de falta de foco no início das grandes jornadas.

Vivemos uma geração com pressa e com pressão. A pressa pode até não ser mais inimiga da perfeição (já disse isso), mas precisa de refúgio em algumas atividades que dão prazer e recarregam as energias.

A pressão também já me referi por aqui, é aliada que impede a procrastinação, que limita os esforços possíveis para atingimento dos objetivos e estabelece um padrão a ser alcancado. Chamado de meta.

Eu gosto de dormir oito boas horas de sono por dia. Não sou ninguém antes das 7h da manhã, e começo mesmo a ser produtivo às 9h. Minha biologia, a ausência de café (não tomo mais que uma ou duas doses por ano) e a outra dose de cafeína matinal ser politicamente incorreto tomar de manhã…

Sabendo disso me programo para ser o mais produtivo dentro da minha biologia e das minhas metas. Quanto não existe a pressão e a pressa, reina o desperdício.

Mas o que não pode faltar é o tempo ao que te dá prazer.

Para ler mais:

106 – A pressa não é mais inimiga da perfeição

101 – O sono dos justos e alguns de seus benefícios

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">