151 – Quando a diversão acaba

Quando a diversão acaba, começa a próxima diversão. A vida sem graça é sem graça. Respeito ao luto e a dor, sejam eles quais forem, mas fora isso, divirta-se. #blogdobubsi

Anúncios
Nenhum comentário

Quando a diversão acaba, começa a próxima diversão. A vida sem graça é sem graça. Respeito ao luto e a dor, sejam eles quais forem, mas fora isso, divirta-se.

Divirta-se quando acorda, porque o dia virá repleto de escolhas e possibilidades. Divirta-se escolhendo o café e a roupa que será sua companheira na jornada. O banho é uma fonte de alegria logo pela manhã.

Ele nos dá tempo para refletir como foi o dia que passou e os acertos e consertos que precisam ser feitos no dia que começa. É um interlúdio de prazer e silêncio interno. Mesmo os que gostam de cantar. Por dentro o cérebro se purifica à medida que a água vai dando serenidade e estabelecendo o encontro com a emoção.

Os sentidos se reconectam e renovam suas forças para o que vai enfrentar. Dentre as rotinas que sugiro que tenham, tomem um belo banho pra acordar e se renovar.

Divirta-se também com coisas que não deram certo. Com seus erros e aprendizados, mesmo que seja difícil na hora. Acredite, quanto antes eliminar o sofrimento de uma derrota, você estará melhor para seguir.

Então, para que o ciclo da diversão não termine, tenham sempre em mente que precisamos aprender a absorver sempre o melhor de cada momento e eliminar as coisas que tentam tirar o bom humor dos nossos lares.

Para ler mais:

104 – Basta de engolir sapos! É melhor beijá-los

089 – Quando falta inspiração tem que sobrar vontade

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">