169 – Trabalhando com quem você não gosta

Se você estiver lendo isto no trabalho, não olhe para o lado agora e dê aquele sorriso sarcástico. Trabalhe sua concentração e não se entregue logo agora que as dicas iam te ajudar. #blogdobubsi

Anúncios
um comentário

Se você estiver lendo isto no trabalho, não olhe para o lado agora e dê aquele sorriso sarcástico. Trabalhe sua concentração e não se entregue logo agora que as dicas iam te ajudar.

Não existe antídoto ideal. Existe uma estratégia, uma regra de convivência profissional que nada tem a ver com inclinações políticas, orientações sexuais ou escolhas religiosas. Também não tem nada a ver com qualquer característica ou personalidade individual.

Diz respeito à competência simplesmente. O inverso também é aplicável, não trabalhe cheio de pessoas que pensam igual a você e fazem muitas escolhas parecidas com as suas, se lhes faltam atributos profissionais adequados.

Escolhas os primeiros pra estarem ao seu lado na batalha e os segundos pra se divertirem contigo. No fim das contas, não precisa convidar ninguém que você não goste pra provar do seu churrasco na sua casa…

Grandes times foram formados quando cada um assume com maestria sua posição, embora não sejam, necessariamente, amigos. Se você consegue estar com quem gosta e tem espaço pra todos no seu time, aproveite a jornada.

O respeito, a confiança e a qualidade do trabalho que têm que ser os fatores preponderantes. Tem alguns motivos que fazem a gente gostar de alguém e muitos “defeitos” que nos afastariam. Opte por enxergar as boas virtudes e aproveitar as boas competências. Mesmo daqueles que não gostamos.

Anúncios

1 comentário em “169 – Trabalhando com quem você não gosta”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">